Catarata

 04a-Catarata

A palavra “catarata” é derivada do grego katarraktes, que significa corrida para baixo ou queda-d’água. Originalmente, pensava-se que o fluído cristalizado do cérebro escorria na frente do cristalino dos olhos, obstruindo então a visão. Portanto, a palavra “catarata” em si contribui para o equívoco contínuo sobre o que realmente ela é.

Ao contrário da crença popular, a catarata não é uma película sobre o olho, na verdade, ela é um espessamento gradual do cristalino que faz com que este se torne tão turvo que a luz é distorcida ou não consiga chegar à parte de trás do olho, não sendo transmitida ao cérebro.

Dúvidas sobre catarata? Fale com um especialista:

04d-Catarata

Para entendermos melhor como surge a doença, precisamos compreender bem a função do cristalino. Ele é o responsável pela formação da imagem na retina. O cristalino funciona como uma lente natural do olho, permitindo a focagem de objetos, tanto de perto quanto de longe. Quando essa lente é alterada, a formação da imagem também se modifica e consequentemente a visão fica comprometida. Então, um olho com catarata tem seu cristalino danificado por essa espécie de “nuvem”.

Veja um vídeo explicativo sobre a doença de Catarata, confira a seguir:

View Video

Quanto maior for essa “nuvem” mais a visão fica embaçada. Nos casos mais graves, a doença já está tão avançada que pode levar o paciente a perda da visão (cegueira).
Na grande maioria dos casos, a catarata se dá por conta do envelhecimento do cristalino, por isso os mais afetados pela doença são as pessoas com idade mais avançada.

04b-Catarata

Tipos de catarata:

Apesar de, na maioria dos casos, a catarata atingir os mais velhos; há outros tipos de problemas que podem ser catalogados em dois grandes grupos:

Catarata adquirida – relacionada com o avanço da idade (envelhecimento mais ou menos precoce), a metabólica (diabetes), patológica (uveítes), iatrogênica, radioativa, exposição dos olhos aos raios ultravioleta sem proteção, etc.

Catarata congênita (catarata infantil) – a doença já se manifesta no nascimento até os primeiros 6 meses de vida do bebê. A causa se dá por conta de infecções durante a gestação. O sinal mais comum a ser notado é o aspecto esbranquiçado do luar róseo da pupila.
Vale ressaltar que dentro dos dois grupos há diversas variações que só podem ser diagnosticadas por um profissional.

Se você quiser saber mais sobre Catarata, você pode baixar gratuitamente o nosso e-book:

04e-Catarata

Você tem dúvidas sobre a Catarata? Acesse a área de atendimento do site, teremos o maior prazer em atendê-lo. ou
Ligue para whatsapp (31) 99895-8332

RELACIONADOS

20a-cirurgia-catarata
Cirurgia de Catarata a Laser Personalizada
Nós do Núcleo Avançado em Oftalmologia, em Ipatinga, temos como missão desenvolver produtos inovadores que melhorem a qualidade de vida de nossos pacientes. Com esse…
15a-tratamentos-catarata
Tratamento da Catarata
Descrita como uma opacidade gradual do cristalino dos olhos, a catarata é muito comum, afetando milhões de pessoas em todo o mundo. A catarata é,…
10a-exames-de-catarata
Exames de Catarata
É normal realizar exames antes de qualquer procedimento cirúrgico. No caso da cirurgia de catarata não é diferente: é preciso realizar exames oculares para garantir…